Salta - Dionísio Cerqueira

Hoje foi dia de nos despedirmos da viagem. Logo as 4:00 fomos até o aeroporto de Salta para a Adri embarcar com parte de nossas bagagens.

Após nossa despedida, dei a partida na morena exatamente as 5:00 e saio ainda escuro de Salta. Os primeiros quilômetros foram feitos em pista duplicada e isso facilitou a tocada.

Logo que o sol saiu, revelou uma gigantesca nuvem que só deixei de estar embaixo após uns 150km.

Em Pozo Taco notei que um dos parafusos que liga a haste das caixinhas havia caído, talvez pela vibração de toda a viagem ou pela enorme quantidade de buracos naquele trecho. Depois de reapertar o parafuso e colocar um novo no ligar daquele que caiu, sigo tocando até Corrientes.

Conforme o dia fosse rendendo, eu iria decidir aonde pernoitar. Cheguei em Posadas ainda dia claro, restando pouco mais de 300km para o Brasil. Logo, decidir dormir no nosso país.

Os últimos 200 km foram bem cansativos, com pista ruim, cheia de buracos, ondulações e levei mais de 3h. Fechei os 1540 km rodados de hoje somente as 9:40h da noite em Dionísio Cerqueira, SC - Brasil.



1 comentários

  1. EU SABIA QUE TU VIRIA MAIS RÁPIDO, ISSO ME PREOCUPAVA, É MUITO ALIVIO SABER QUE ESTAIS EM CASA, E BEM, AGRADEÇO A DEUS POR MAIS ESSA AVENTURA.

    ResponderExcluir