La Quiaca - Salta

Acordamos um pouco tarde e depois de um café, fizemos mais algumas atualizações na internet e partimos para o último dia de trecho da Adri.

Antes de deixar La Quiaca, aproveitamos para abastecer e então descobrimos através de um grafite em uma das paredes do posto de gasolina, que ainda estávamos em uma altitude considerável. Acima dos 3.000 m.s.n.m. Fazia sentido então a baixa temperatura (em torno de 10º graus por volta de 11h da manhã).

O início do percurso foram somente retas e com uma paisagem sem muitas mudanças, até chegarmos nas "Quebradas de Humahuaca", onde a paisagem mostrou-se muito interessante, com montanhas de várias cores e formações rochosas bem diferentes. Naquele vale muito bonito, aproveitamos para fazer a tradicional "farofa". No acostamento, comemos o sanduíche do dia anterior com nosso refrigerante argentino preferido - Paso de Los Toros, sabor Pomelo. A sobremesa foi uma maçã que soboru do almoço do segundo dia no Uyuni.

O controle policial nas rodovias também nos chamou atenção pelo sempre cordial atendimento. Em San Salvador de Jujuy, tomamos um caminho para Salta pela ruta 9. Neste trecho a rodovia fica muito sinuosa e estreita, as duas pistas tinham a largura de uma! Tínhamos para em um cruzamento e ligamos o GPS para decidir por qual dos caminhos, mas o GPS estava configurada para a menor distância. Aqui vai uma dica: nunca deixe de perguntar aos locais, e mais de um de preferência. Todavia, o caminho teve seu charme. A paisagem mudou totalmente, passando por dois lagos formados por diques, aonde muitas pessoas aproveitavam seu sábado para um churrasco naquele ambiente mais verde. Este caminho nos lembrou muito a Serra da Graciosa, no Paraná, aonde as árvores chegam a encobrir a rodovia em diversos trechos.

Nos hospedamos em Salta e amanhã faremos nossos caminhos para casa.

0 comentários