Salta - San Antonio de Los Cobres - Purmamarca

Hoje foi um dia de extremos, saímos de Salta com um certo calor de 24°C, mas logo nos primeiros quilometros a temperatura chegou aos 7,5°C.  O caminho até San Antonio teve apenas uns poucos trechos de rípio (chão batido com pedras) e um belíssimo asfalto sinuoso que a cada curva merecia um flash. Este é praticamente o mesmo que percorre o famoso Tren de Las Nubes, porém de moto estávamos no vagão com teto panoramico!

Depois de almoçarmos uma milanesa de carne de Lhama, fomos conhecer o Viaduto La Polvorilla que é o ponto final da linha do Tren de Las Nubes e por isso é um dos pontos turísticos mais visitados por aqui.





A ida para Purmamarca teve no roteiro a Ruta 40, que pra variar foi bastante desgastante, com muita pedra solta e dancos de areia fofa. Neste pedaço do caminho, levamos mais de 3 horas para percorrer 100km.

Pra não deixar o dia com aquele ar de final não tão feliz, logo que subimos no asfalto fizemos os 60km até Purmamarca numa serra bastante sinuosa aonde a temperatura bateu os 4°C no pico.

Purmamarca é uma cidadezinha singular, com sua feirinha livre cheia de artesanatos e turistas. Pra fechar com chave de ouro, nos hospedamos próximo ao Cerro das 7 Colores (eu vi umas 500 colores diferentes) e jantamos empanadas de Quinoa e de Lhama, acompanhados do chá de coca.

0 comentários