Bonito/MS - Primeiro Dia

Hoje acordamos cedo para chegar em tempo ao primeiro passeio do dia e o mais procurado aqui na cidade, a Gruta do Lago Azul. O passeio é muito organizado, com guias que de 15 em 15 minutos levam no máximo 15 pessoas ao local.


O acesso é íngrime porém curto e escorregadio, consideramos de dificuldade média. A galeria aonde está o lago tem várias formações calcárias (estalactites e estalagmites) que criam um visual maravilhoso. A entrada da galeria permite que a luz solar entre e ilumine boa parte do trajeto, inclusive o lago cuja água não é azul, mas revela esta cor pela divisão das ondas de luz no interior da gruta.

É realmente difícil de fotografar pois a condição de luminosidade é sempre nos extremos, pontos com excesso de luz e outros com sombra.


Saímos da gruta meio anestesiados e fomos para a Praia da Figueira, local que inicialmente era uma extração de calcário que atingiu um lençol freático e foi encoberta, formando uma lagoa. O local possui uma infraestrutura muito boa, com aluguel de caiaques, tiroleza, entre outras atividades.


Os peixes nadam a beira da lagoa junto aos banhistas, é uma diversão jogar ração para eles!! Após o banho, tem-se a disposição redes sob a enorme figueira que dá o nome ao lugar.


Para fechar os passeios deste dia, nos deslocamos até o Buraco das Araras, um enorme buraco de aprox 180m de diâmetro e 100m de profundidade, que foi cuidadosamente restaurado e preservado (http://www.buracodasararas.com.br/).


O local realmente é impressionante pela beleza, pela interação com as aves e outros animais silvestres que "desfilam" em torno da trilha.

Ao final do dia, resolvemos experimentar o sashimi de Piraputanga, peixe típico da região.



1 comentários

  1. Cunhadooo.. eu não entrava nessa água com os peixes nem me pagando, hehe.
    Deve ter sido um passeio muito legal mesmo.
    Bjocas pras vocês.
    Se cuidem!

    ResponderExcluir